Diário dos Carnaubais

MENU

Notícias / Campo Maior

Cachorro morre e casal fica ferido por ataque de abelhas em Campo Maior, no PI; 3º registro na cidade em 2024

Segundo a Defesa Civil do município, abelhas estavam debaixo de um sofá velho em um terreno baldio. Homem e mulher foram hospitalizados e os insetos foram removidos

293
Publicidade
Cachorro morre e casal fica ferido por ataque de abelhas em Campo Maior, no PI; 3º registro na cidade em 2024
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem e uma mulher ficaram feridos e um cachorro morreu após um ataque de abelhas, na tarde desta quinta-feira (6), no bairro Cidade Nova, em Campo Maior, a 84 km de Teresina. Este é o terceiro ataque de abelhas registrado na cidade em 2024, segundo a Defesa Civil municipal.

O coordenador da Defesa Civil de Campo Maior, Arnaldo Aragão, relatou que as abelhas estavam debaixo de um sofá velho, em um terreno baldio próximo a uma padaria, e já tinham atacado outras pessoas que passavam pelo local. Uma delas, inclusive, precisou jogar a motocicleta no chão para escapar das ferroadas.

“O cachorro infelizmente morreu, ele ficava próximo a esse terreno baldio. O casal levou muitas ferroadas e não estava se sentindo bem, então recomendei que fosse ao hospital, pois a toxina da abelha pode causar até morte”, afirmou o coordenador. O estado de saúde do casal não foi divulgado.

De acordo com Arnaldo Aragão, as abelhas estavam no local há algum tempo, mas a Defesa Civil não tinha sido acionada para removê-las. Após o ataque desta quinta, a equipe da pasta as retirou e soltou na zona rural de Campo Maior, em uma região de mata afastada de residências.

“Não sei o que pode ter deixado as abelhas agressivas, mas hoje elas estão bastante domesticadas, não tendo qualquer problema em se instalar próximo às casas. Assim como os outros seres vivos, também têm seus momentos de estresse e podem até matar alguém”, comentou.

O primeiro ataque deste ano foi em janeiro, no bairro Cariri, no qual um cachorro morreu, outro ficou ferido e algumas pessoas foram hospitalizadas. Já o segundo ocorreu entre abril e maio, mas não contou com mortos ou feridos.

Cuidados em casos de ataque de abelhas

Em geral, as abelhas não atacam humanos sem motivo, mas o fazem como forma de defender a abelha-rainha.

 

Para o coordenador da Defesa Civil de Campo Maior, as pessoas não devem se aproximar ou tentar matá-las, mas acionar o socorro com equipamento adequado.

“A população pode até fazer a remoção das abelhas, mas precisa ter o treinamento e a segurança necessários”, completou Arnaldo Aragão.

Outra recomendação é evitar movimentos bruscos, pois os insetos são bastante sensíveis ao barulho.

  • Defesa Civil de Campo Maior: (86) 99535-9729
  • Corpo de Bombeiros: 193
  • Batalhão de Polícia Ambiental: 190

Fonte/Créditos: g1 Piauí

Créditos (Imagem de capa): Reprodução

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!