Diário dos Carnaubais

Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

Notícias/Nordeste

Jovem que empinava moto no interior do MA é morto por policial feminina; a militar foi presa

Sabrina Silva foi presa temporariamente e levada para prestar depoimento na Delegacia Regional de Imperatriz.

Jovem que empinava moto no interior do MA é morto por policial feminina; a militar foi presa
Reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um jovem identificado como Marcos Vinicius, de 20 anos, foi morto a tiros na cidade de Governador Edison Lobão, no interior do Maranhão, no último domingo (25). Uma policial militar, identificada como Sabrina Silva, é a principal suspeita de efetuar o disparo que matou o rapaz. O jovem fazia "grau" em uma motocicleta quando foi abordado pelos militares. 

De acordo com testemunhas, Marcos Vinicius estava pilotando uma motocicleta e fazendo manobras no meio da rua, quando foi surpreendido pela guarnição da Polícia Militar. Eles deram ordem de parada, mas o jovem, segundo os agentes, não obedeceu e fugiu. 

Segundo a Polícia, durante a perseguição, o jovem entrou em uma viela, a policial saiu da viatura e o acompanhou a pé. Ele se refugiou em casa, mas foi baleado pela agente de segurança. Marcos não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

A família discorda da versão da PM e relata que o jovem fugiu por medo e foi atingido por um tiro no pescoço. Ele conseguiu chegar em casa e a policial, segundo familiares, invadiu a residência e atirou na cabeça dele, na frente da própria mãe. 

A agente Sabrina Silva havia sido afastada de suas funções nesta segunda-feira (26) e um inquérito foi instaurado para apurar a conduta dela, segundo informou a PM em nota.

Sabrina foi presa temporariamente na tarde desta quarta-feira (28) e levada para prestar depoimento na Delegacia Regional de Imperatriz. A militar é alvo de um processo administrativo por parte da Polícia Militar do Maranhão que apura a sua conduta no caso da morte do jovem Marcos Vinicius.

Atualmente, Sabrina Silva é Cabo e atua no 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) de Imperatriz, cidade vizinha a Governador Edison Lobão. Em nota, divulgada à imprensa regional, a defesa da policial afirma que"respeita a decisão judicial de prisão temporária sem, no entanto, concordar. Isso em razão da inexistência de fundamentos para tanto em virtude da Militar ter se apresentado espontaneamente e prestados todos os seus esclarecimentos". 

A defesa completou, ainda, que "confia na justiça e o tempo revelará todos os atos de probidade perpetrados pela servidora".

FONTE/CRÉDITOS: A10+
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!