Diário dos Carnaubais

MENU

Notícias / Campo Maior

Vem aí mais uma edição da tradicional Vaquejada do Parque Nina Alencar em Campo Maior

As vaquejadas do Nina Alencar fazem parte do calendário das grandes competições de vaquejadas do Brasil. Serão 4 dias de competições e 4 dias de forró, todos com entrada gratuita

2153
Publicidade
Vem aí mais uma edição da tradicional Vaquejada do Parque Nina Alencar em Campo Maior
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Campo Maior é conhecida por sua tradição agropecuária, por ser a capital do vaqueiro no interior do Piauí e, claro, por suas famosas vaquejadas. Vem aí, no mês de junho, coladinho com os Festejos de Santo Antônio, mais uma edição da tradicional Vaquejada do Parque Nina Alencar. 

Essa já é a décima edição do evento que mobiliza a vaqueirama de Campo Maior e toda a região e nesse ano a ideia é resgatar o forró raiz durante as festas após as competições. 

"A ideia é resgatar a verdadeira cultura do forró. Vamos trazer bandas realmente que tocam forró, aquele pra dançar agarrado, o namorado com a namorada, o esposo com a esposa. Essa essência do forró do interior a gente vai estar trazendo de volta para a vaquejada do Nina Alencar. É a vaquejada de Campo Maior", declarou o empresário Daniel Alencar. 

Na grade de shows tem Junior Viana já no dia 13 de junho, no último dia dos Festejos. Ainda no dia 13 tem Cláudio Ney & Juliana e Forró Pra Cima. Dia 14 tem Edyr Vaqueiro, Léo Gordym & Forró de Front, Marcus Julião, Bruninho & Forró Malino. E no dia 15 tem Edyr & Nathan, Lagosta Bronzeada, Lazzaro Gamma e Colo de Menina. Todos os shows terão entrada gratuita.

O parque dispõe de toda uma infraestrutura com banheiros, seguranças, paramédicos e o que mais for necessário para garantir a melhor experiência para os frequentantes. 

Ainda segundo Daniel, as vaquejadas do Nina Alencar fazem parte do calendário das grandes competições de vaquejadas do Brasil. Serão 4 dias de competições e 4 dias de forró, todos com entrada gratuita.

"A vaquejada do Nina vem para somar aos Festejos de Santo Antônio com um incremento de cerca de 20% na economia local porque passa a ser 16 dias de eventos seguidos no município e isso afeta a rede hoteleira, restaurantes, postos de combustível, lojas de confecções, além da visibilidade nacional que a vaquejada propõe com a transmissão ao vivo para o mundo através da TV Vaquejada", completou Daniel Alencar.

 

Fonte/Créditos: Diário dos Carnaubais

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!